10 motivos para você começar a comprar produtos a granel

5 de abril de 2018

Celeiro do Granel

(3.7 Estrelas - 3 Votos)

Mais sustentável e econômico, entenda as vantagens de consumir alimentos a granel.

Comer bem passou a ser regra essencial na vida de muita gente na busca por boa forma e qualidade de vida. Já não basta ocupar a cozinha, bacana é arriscar em receitas irreverentes, com direito a ingredientes especiais e selecionados como castanhas, farinhas naturais, nozes e frutas secas.

Mas uma alimentação sustentável também envolve a origem dos alimentos, o manuseio correto e a conservação. Já pensou em poder comprar produtos que contribuem para uma cadeia sustentável, economizando e abrindo mão de embalagens plásticas? Parece difícil, mas é mais fácil do que você imagina. A venda de produtos a granel – por peso e sem embalagens – é uma grande tendência no mercado alimentar.

O hábito, comum entre os consumidores brasileiros até o início dos anos 1970, ganhou roupagem moderna com novos e charmosos empórios, quiosques e armazéns sendo abertos no país. No Rio de Janeiro, o Celeiro do Granel é um expoente dessa nova geração. Veja 10 dicas para você também amar essa novidade.

  1. Preço justo.

    Todos ganham no processo a granel, produtores, consumidores e varejistas. É possível perceber uma economia de 25% a 45% em média nas compras.

  2. Esse tipo de consumo ajuda a evitar o desperdício de alimentos.

    Comprando exatamente a quantidade de produtos que você precisa, é possível evitar que a comida estrague e vá para o lixo.

  3. Redução de embalagens.

    Segundo dado do Ministério do Meio Ambiente, um terço do lixo doméstico é composto por embalagens e cerca de 80% delas são descartadas após usadas apenas uma vez. Nesse modelo, você pode levar diretamente a sua embalagem retornável.

     

  4. Redução da poluição no ar.

    Com Granel eliminamos as embalagens desnecessárias e todo o seu processo produtivo, desde o transporte das matérias primas, a confecção dos filmes plásticos.

  5. Economia aquecida.

    A abertura de lojas com alimentos naturais vendidos no peso registrou aumento de aproximadamente 30%, em 2016, na comparação com o ano anterior.

  6. Apoio ao pequeno produtor e impacto social.

    Não é à toa que denominamos “poder de compra” o ato de trocar dinheiro por produtos. Quando entregando nosso dinheiro a empresas que contribuem com comunidades tradicionais e extração responsável também fazemos parte dessa cadeia de transformação.

     

  7. Produtos mais frescos e sem conservantes.

    Quanto menos processos, menos conservantes e mais natural será o seu produto. O que é vendido a granel precisa estar sempre fresquinho e bonito, já que o consumidor olha diretamente o produto.

  8. Variedade.

    É possível vender quase tudo a granel – existem experiências que vão de bebidas a produtos de limpeza.

  9. Tendência em países desenvolvidos.

    Esse sistema já é comum nos supermercados de cidades como Paris e Berlim, que comercializam diversos itens dessa forma.

  10. Sustentabilidade.

    Menos plástico significa mais vida nos oceanos. Seja você também um agente de transformação a partir de pequenas práticas de consumo consciente.

E você, qual outro motivo incluiria em nossa lista? Participe!