Novembro Azul: 3 dicas para ficar em dia com a saúde

26 de novembro de 2018

Celeiro do Granel

(5 Estrelas - 1 Votos)

Sustentabilidade e qualidade de vida na prevenção do câncer de próstata

Uma boa alimentação é sustentável a medida que proporciona qualidade de vida e evita doenças. Neste mês de novembro, dedicado à atenção e prevenção do câncer de próstata e outras patologias masculinas, enumeramos algumas dicas de prevenção. Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), a cada ano, são registradas em média 68 mil novos casos da doença e cerca de 13 mil mortes. Uma alimentação sustentável, não só colabora na prevenção, mas no consumo consciente e sem desperdício.

 

  • Consuma castanha-do-pará a granel

 

O selênio é um mineral encontrado principalmente na castanha-do-pará e que ajuda a prevenir o câncer por participar da morte programada das células, inibir a reprodução celular e atuar como antioxidante. Além disso, comprando castanhas e outras oleaginosas a granel, você evita o desperdício, colaborando assim para a preservação do meio ambiente.

Castanha do Pará - Celeiro do Granel

 

  • Pratique esportes ao ar livre

 

A prática de esportes em locais abertos e públicos tem diversos benefícios, entre eles o uso de espaços públicos, e por conseguintes a colaboração na manutenção e preservação deles. Também é uma ótima maneira de se relacionar com outras pessoas, tendo em vista a saúde e a qualidade de vida, enquanto elo de conexão.

 

 

  • Visite o médico regularmente

 

Todo mundo é consciente dos benefícios proporcionados pela regularidade nos cuidados com a saúde. Contudo, ir ao médico com frequência, também faz bem ao bolso, uma vez que os custos de exames por exemplo, são menores em relação aos da cura. Além disso, prevenção pode ser feita com hábitos cotidianos e saudáveis e não necessariamente com remédios.

A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que os exames (de sangue e toque) devem começar por volta dos 50 anos, e 45 anos no caso de homens negros e com histórico da doença na família. Se você faz parte destas faixas etárias e ainda não foi ao médico é hora de ir! Se você ainda não tem 45 ou 50 anos, também já pode olhar o seu corpo com mais cuidado e generosidade consigo mesmo. Afinal, prevenir é sempre melhor do que remediar.

Gostou das dicas? Comente e Participe!