Outubro Rosa: Alimentos para prevenir o câncer de mama

14 de outubro de 2018

Celeiro do Granel

(5 Estrelas - 1 Votos)

câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve no peito, como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama. Apesar de mais frequente em mulheres o câncer também pode ocorrer em homens. Por isso, o diagnóstico precoce é muito importante para ambos. O índice de diagnóstico de câncer de mama em homens, de acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia, é de um a cada 100 casos em mulheres.

Esse é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Os principais fatores de risco são: o histórico familiar, a idade – mulheres entre 40 e 69 anos são as principais vítimas, menstruação precoce, menopausa tardia, reposição hormonal, colesterol alto e obesidade. Por isso, no mundo, o mês de outubro é dedicado a fomentar a conscientização sobre esse assunto, denominando-o Outubro Rosa.

Alimentação ideal

Alguns alimentos saudáveis, entretanto, podem ajudar a evitar esse cenário, se combinados à prática de atividades físicas, equilíbrio do peso e realização de exames preventivos. Segundo a nutricionista Jorgiane Vilar, você pode apostar em:

  • Castanhas;
  • Goji Berry;
  • Amêndoas;
  • Linhaça;
  • Chia;
  • E muitas frutas por fornecerem vitaminas antioxidantes e fibras.

frutas vermelhas

Sintomas

Os sintomas do câncer de mama variam conforme o tamanho e estágio do tumor. No início, a maioria dos tumores da mama não apresenta sintomas. Mas podem aparecer alguns sinais como:

  • Vermelhidão na pele, inchaço ou calor
  • Alterações no formato dos mamilos e das mamas, principalmente as alterações recentes, é possível até que uma mama fique diferente da outra
  • Nódulos na axila
  • Secreção escura saindo pelo mamilo
  • Pele enrugada, como uma casca de laranja
  • Em estágios avançados, a mama pode abrir uma ferida.

Câncer de mama tem cura?

A maior chance de cura é por meio do diagnóstico precoce. Um tumor diagnosticado em estágio 0 ou 1 chega a ter mais 90% de chance de cura. Já um câncer de mama no 3 ou 4 tem de 30 a 40% de chance de cura total.

Mas isso não é motivo para desistir, com o tratamento adequado todo obstáculo pode ser transpassado. E há muitas pessoas trabalhando voluntariamente para que o acesso a informação e o cuidado cheguem a mais gente. Um exemplo é a ONG Américas Amigas, uma organização de apoio a prevenção e combate a doença para a população mais vulnerável no Brasil. Aproveite o mês de outubro para ajudar a espalhar a conscientização para essa que é uma causa urgente e global. Compartilhe e participe você também do Outubro Rosa!


Fique por dentro!
Inscreva-se para receber dicas de saúde, economia sustentável, receitas e alimentação saudável.